Newsletter

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Curso completo de Fitoalquimia

Esta é a última semana para você fazer inscrição no curso de Fitoalquimia que eu estou ministrando.

Vejam o vídeo

A natureza dispõe de uma imensidão de elementos que podem auxiliar em nosso restabelecimento energético, físico e também em nosso dia a dia durante as práticas espirituais. Este curso tem a finalidade de abordar conhecimentos gerais, religiosos, energéticos e terapêuticos das plantas, abordando temas que capacitam médiuns e terapeutas em fazer os seus corretos usos, inclusive atentando para seus cuidados, colheitas e preparos.

Carlos Moraes, o tutor deste curso é graduando em Farmácia, fitoterapeuta formado pelo Conselho Brasileiro de Fitoterapia (CONBRAFITO), terapeuta holístico e médium fundador e dirigente do Centro Espiritualista Legião da Fraternidade Branca - CELFB.

Curso livre, sem pré-requisitos.

Conteúdo programático

Aula 1
Introducão e conteúdo;
Ervas no Egito (exemplificando Cleópatra), o conhecimento de ervas contidas no Papiro de Ebers eo uso da Beladona na Idade Média;
Feiticeiros e Bruxas do passado: uso da Madrágora e a Bruxaria Natural utilizando frutas, pedras e folhas;
Candomblé: conhecimento das folhas passado de pais para filhos verbalmente - conhecimento perdido;
Umbanda: Zélio de Moraes, reencarnação dos magos do passado, conhecimentos trazidos através da mediunidade;

Aula 2
Terminologias utilizadas: Ebós, sacudimentos, Amacis, Defumação, Beberagens, Banhos, Fumos, Bate-folhas;
Fases Lunares na utilização ritualística e espiritual;
Tipo energético das ervas: Quentes, Mornas e Frias;
As ervas e suas ligações com os Orixás - Força dos Orixás nas Ervas;

Aula 3
Como preparar um amaci e uma defumação: Ervas frescas ou Secas (ex: 3 ervas);
Como preparar beberagens e banhos (ex: 3 ervas);
Como preparar fumo ritualístico e bate-folhas (ex: 3 ervas);
Utilização no terreiro ou residencial. Podemos fazer esses ritos em nossas casas ou em mim?;

Aula 4

Energia das plantas em tratamentos terapêuticos. Como utilizar as plantas;
Prática terapêutica: como preparar um escalda-pés, banho de imersão, banho de assento e quais ervas utilizar;
Uso químico e medicamentoso: terminologias fitoterápicos, homeopatia, floral e processos de extração;
Medicamentoso e fitoterápico: como utilizar e quais podemos utilizar: sabonetes, tinturas, pasta de dentes, cremes, gel, etc.;
Conclusão.

Curso completo de Fitoalquimia

Esta é a última semana para você fazer inscrição no curso de Fitoalquimia que eu estou ministrando.

Vejam o vídeo

A natureza dispõe de uma imensidão de elementos que podem auxiliar em nosso restabelecimento energético, físico e também em nosso dia a dia durante as práticas espirituais. Este curso tem a finalidade de abordar conhecimentos gerais, religiosos, energéticos e terapêuticos das plantas, abordando temas que capacitam médiuns e terapeutas em fazer os seus corretos usos, inclusive atentando para seus cuidados, colheitas e preparos.

Carlos Moraes, o tutor deste curso é graduando em Farmácia, fitoterapeuta formado pelo Conselho Brasileiro de Fitoterapia (CONBRAFITO), terapeuta holístico e médium fundador e dirigente do Centro Espiritualista Legião da Fraternidade Branca - CELFB.

Curso livre, sem pré-requisitos.

Conteúdo programático

Aula 1
Introducão e conteúdo;
Ervas no Egito (exemplificando Cleópatra), o conhecimento de ervas contidas no Papiro de Ebers eo uso da Beladona na Idade Média;
Feiticeiros e Bruxas do passado: uso da Madrágora e a Bruxaria Natural utilizando frutas, pedras e folhas;
Candomblé: conhecimento das folhas passado de pais para filhos verbalmente - conhecimento perdido;
Umbanda: Zélio de Moraes, reencarnação dos magos do passado, conhecimentos trazidos através da mediunidade;

Aula 2
Terminologias utilizadas: Ebós, sacudimentos, Amacis, Defumação, Beberagens, Banhos, Fumos, Bate-folhas;
Fases Lunares na utilização ritualística e espiritual;
Tipo energético das ervas: Quentes, Mornas e Frias;
As ervas e suas ligações com os Orixás - Força dos Orixás nas Ervas;

Aula 3
Como preparar um amaci e uma defumação: Ervas frescas ou Secas (ex: 3 ervas);
Como preparar beberagens e banhos (ex: 3 ervas);
Como preparar fumo ritualístico e bate-folhas (ex: 3 ervas);
Utilização no terreiro ou residencial. Podemos fazer esses ritos em nossas casas ou em mim?;

Aula 4

Energia das plantas em tratamentos terapêuticos. Como utilizar as plantas;
Prática terapêutica: como preparar um escalda-pés, banho de imersão, banho de assento e quais ervas utilizar;
Uso químico e medicamentoso: terminologias fitoterápicos, homeopatia, floral e processos de extração;
Medicamentoso e fitoterápico: como utilizar e quais podemos utilizar: sabonetes, tinturas, pasta de dentes, cremes, gel, etc.;
Conclusão.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Baianos - A linha da humildade e da magia

Hoje comemoramos na Umbanda a Linha de Baianos, devido ao fato de ser comemorado na Bahia o dia de Nosso Senhor do Bonfim e também a Nossa Senhora dos Navegantes que é o dia de Yemanjá. Eu particularmente comemoro a data de Yemanjá dia 8 de dezembro, pois segundo as tradições africanas o mês de Dezembro é o mês de Yemanjá.

A linha dos baianos tem como principal característica a alegria e a verdade. Alegria porque será muito rara a possibilidade de um dia vir através de qualquer médium um baiano carrancudo ou estressado. E essa alegria, peculiar deles, vem sempre embutida de verdade e direção, pois o que eles tiverem para falar para nós diretamente , eles falarão e não passará a mão em nossas cabeças.

São entidades conhecedoras da magia e da feitiçaria, na qual conhecem os aspectos negativos dessas forças profundamente. É muito comum ouvirmos que eles são mandingueiros, pois em sua maioria viveram no passado praticando essas ações e, por isso, conseguem desfazer esses trabalhos como ninguém.

É uma linha de trabalho que eu, particularmente, gosto muito e que tenho uma certa afinidade e que aprendo com eles o que representa a verdadeira humildade, pois podemos dizer que eles são verdadeiros doutores na prática em magia e feitiçaria.

Seu Zé dos Cocos ou Zé Coquinho é o nosso amigo espiritual que sempre aparece na vibração de Xangô para ajudar seus filhos que tiverem passando por problemas de magiamento e problemas financeiros também. Muitos se iludem com a ideia que os espíritos darão fórmulas mágicas de como plantar dinheiro no quintal ou que darão os números da Loteria para ganharem o primeiro prêmio. NADA DISSO! Tenha certeza que eles darão orientações a respeito de sua maneira de agir diariamente como profissional e o que isso pode acarretar na forma que você utiliza para ganhar seu dinheiro; também abrindo seus caminhos para você encontrar um emprego melhor e novo; te ensinar a poupar um pouco mais para não faltar nos momentos de “vacas magras”, etc…

Ele sempre chega:

Quando eu vim da Bahia, estrada eu não via

Quando eu vim da Bahia, estrada eu não via

E cada encruza que eu passava, uma vela eu acendia

E cada encruza que eu passava, uma vela eu acendia

Coquim, coquim baiano, coquim la da Bahia

Coquim venceu demanda com á Senhora da Guia

Baianos - A linha da humildade e da magia

Hoje comemoramos na Umbanda a Linha de Baianos, devido ao fato de ser comemorado na Bahia o dia de Nosso Senhor do Bonfim e também a Nossa Senhora dos Navegantes que é o dia de Yemanjá. Eu particularmente comemoro a data de Yemanjá dia 8 de dezembro, pois segundo as tradições africanas o mês de Dezembro é o mês de Yemanjá.

A linha dos baianos tem como principal característica a alegria e a verdade. Alegria porque será muito rara a possibilidade de um dia vir através de qualquer médium um baiano carrancudo ou estressado. E essa alegria, peculiar deles, vem sempre embutida de verdade e direção, pois o que eles tiverem para falar para nós diretamente , eles falarão e não passará a mão em nossas cabeças.

São entidades conhecedoras da magia e da feitiçaria, na qual conhecem os aspectos negativos dessas forças profundamente. É muito comum ouvirmos que eles são mandingueiros, pois em sua maioria viveram no passado praticando essas ações e, por isso, conseguem desfazer esses trabalhos como ninguém.

É uma linha de trabalho que eu, particularmente, gosto muito e que tenho uma certa afinidade e que aprendo com eles o que representa a verdadeira humildade, pois podemos dizer que eles são verdadeiros doutores na prática em magia e feitiçaria.

Seu Zé dos Cocos ou Zé Coquinho é o nosso amigo espiritual que sempre aparece na vibração de Xangô para ajudar seus filhos que tiverem passando por problemas de magiamento e problemas financeiros também. Muitos se iludem com a ideia que os espíritos darão fórmulas mágicas de como plantar dinheiro no quintal ou que darão os números da Loteria para ganharem o primeiro prêmio. NADA DISSO! Tenha certeza que eles darão orientações a respeito de sua maneira de agir diariamente como profissional e o que isso pode acarretar na forma que você utiliza para ganhar seu dinheiro; também abrindo seus caminhos para você encontrar um emprego melhor e novo; te ensinar a poupar um pouco mais para não faltar nos momentos de “vacas magras”, etc…

Ele sempre chega:

Quando eu vim da Bahia, estrada eu não via

Quando eu vim da Bahia, estrada eu não via

E cada encruza que eu passava, uma vela eu acendia

E cada encruza que eu passava, uma vela eu acendia

Coquim, coquim baiano, coquim la da Bahia

Coquim venceu demanda com á Senhora da Guia