Newsletter

sábado, 3 de dezembro de 2016

Comemoração ao agradecimento ao povo da esquerda (04/12/2016)

Laroiê Povo da esquerda!!

No domingo, 4 de dezembro de 2016 às 9h da manhã, iremos fazer nosso penúltimo trabalho do ano, onde assim iremos agradecer ao povo da esquerda por todo seu trabalho durante o ano todo, onde nada mais justo de agradecer os mesmo com uma festa, assim para agradecer essa linha tão importante em nossos trabalhos, montaremos uma mesa de frutas vermelhas a eles!

Venha com a gente festejar, trazendo uma fruta vermelha e muita energia positiva!
Local:Rua Nicolau Campanella, 3 (antigo 24B), Vila Verde, Itaquera, São Paulo


"Nenhum trabalho na umbanda, começa nem termina, sem a ajuda de nossos Exus e Pombas-Giras"

 Exus e pombas Giras, as entidades mais próximas do nosso plano, ou seja mais parecidos conosco são os guardiões e guardiãs dos caminhos, soldados dos Pretos-velhos e Caboclos, emissários entre os homens e os Orixás, lutador contra o mau, sempre de frente, sem medo, sem mandar recado. Essa linha da esquerda são verdadeiros cobradores do carma e responsáveis pelos espíritos humanos caídos representam e são o braço armado e a espada divina do Criador nas Trevas, combatendo o mal e responsáveis pela estabilidade astral na escuridão. Senhores do plano negativo atuam dentro de seus mistérios regendo seus domínios e os caminhos por onde percorre a humanidade. Em seus trabalhos os povos da esquerda corta demandas, desfaz trabalhos e feitiços e magia negra, feitos por espíritos malignos.

Ajudam nos descarregos e desobsessões retirando os espíritos obsessores e os trevosos, e os encaminhando para luz ou para que possam cumprir suas penas em outros lugares do astral inferior. Sua roupa, quando lhe é permitido usá-la tem as cores preta e vermelha, podendo também ser preta e branca, ou conter outras cores, dependendo da irradiação a qual correspondem. Completa a vestimenta o uso de cartolas (ou chapéus diversos), capas, véus, e até mesmo bengalas e punhais em alguns casos. Às vezes temido, às vezes amado, mas sempre alegre, honesto e combatente da maldade no mundo, assim é Exu.

A maneira dos Exus atuarem, às vezes nos choca, pois achamos que eles devem ser caridosos, benevolentes, etc. Mas, como podemos tratar mentes transviadas no mal?

Os Exus usam as ferramentas que sabem usar: a força, o medo, as magias, as capturas, etc. Os métodos podem parecer, para nós, um pouco sem "amor", mas eles sabem como agir quando necessitam que a Lei chegue às trevas. Eles ajudam aqueles que querem retornar à Luz, mas não auxiliam aqueles que querem "cair" nas trevas. Quando a Lei deve ser executada, Eles a executam da melhor maneira possível doa a quem doer. Os Exus, como executores da Lei e do carma, esgotam os vícios humanos, de maneira intensiva. Às vezes, um veneno é combatido com o próprio veneno, como se fosse a picada de uma cobra venenosa. Assim, muitos vícios e desvios, são combatidos com eles mesmos. A Lei é sempre justa, às vezes somente um tratamento de choque remove um espírito do mau caminho. E são os Exus que aplicam o antídoto para os diversos venenos. Os Exus estão ligados de maneira intensiva com os assuntos terra-a-terra.

Quando a Lei permite, Eles atendem aos diversos pedidos materiais dos encarnados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário